Abrir um restaurante em Lisboa

Dedicamos este artigo do nosso site a quem tem a ideia de um dia abrir um restaurante em Lisboa.

A economia vai de vento em poupa e o fluxo de turistas não parece vir a abrandar em breve. As condições aparentam ser ideais para abrir um restaurante e, provavelmente, isso não está muito longe da verdade.

Mas é de vital importância pensar muito bem e desenhar um plano de negócio antes de embarcar em tal aventura. A concorrência é grande e o preço de compra e aluguer de espaços com condições para abrir um restaurante é elevado, pelo que o planeamento é essencial para aumentar as probabilidades de sucesso.

É preciso fazer a diferença

Em Lisboa podemos atualmente encontrar restaurantes a servir comida de todas as partes do mundo, restaurantes de luxo, tascas, restaurantes de fast food ou take away, cantinas e quiosques.

Fazer a diferença, convenhamos, não parece ser assim tão fácil. Por isso mesmo, a diferença tem de ser feita em outros aspetos que não apenas o tipo de restaurante ou a comida servida. A decoração, o serviço, ou mesmo a localização, podem ser fatores cruciais para um restaurante ter sucesso.

Não é preciso servir comida muito exótica porque a cozinha portuguesa tem pratos deliciosos em abundância. Aposte num serviço de genuína simpatia, numa boa carta de vinhos e num ambiente acolhedor.

Localização

A localização pode fazer a diferença entre um restaurante de sucesso e outro que fica às moscas. Por exemplo, zonas que concentram muitas empresas, como é o caso do Saldanha ou Marquês de Pombal, veem todos os dias pela hora de almoço muitos milhares de pessoas à procura de um sítio para almoçar.

Estude com atenção este pormenor para ter a certeza que vai abrir o seu restaurante num local onde as pessoas já estão, não num local até onde as pessoas precisam de se deslocar.